O PSTF, NOVA SIGLA POLÍTICO-PARTIDÁRIA, PODE CAUSAR GRAVES DANOS PARA A DEMOCRACIA DO NOSSO PAÍS

“EU MATEI MEU AMIGO SECRETO!”. O DRAMA QUE CONTA, EM VÍDEO, COMO ALGUÉM PODE CAUSAR A MORTE DO PRÓPRIO PAI
19 de dezembro de 2020
SERÁ SONHAR DEMAIS OU O VERDADEIRO ESPÍRITO NATALINO PODERÁ AJUDAR CONTRA O MAL QUE NOS ASSOLA?
23 de dezembro de 2020

Não é só a pandemia que atinge o Brasil com tanta força e causa tantos estragos. O PSTF (Partido do Supremo Tribunal Federal, a mais nova sigla partidária), através de alguns dos seus ministros, também causa graves danos. Exemplos? Primeiro, através do ministro Gilmar Mendes, que soltou, poucas horas depois de preso, um doleiro, responsável pela lavagem de dinheiro, que transforma em limpo o dinheiro sujo do crime, de autoridades e de ladrões do erário. Também mandou investigar o Juiz Bretas, do Rio de Janeiro, um magistrado duríssimo no combate à corrupção e ao banditismo chapa branca. São sentenças da inversão de valores: solta-se o criminosos e criminaliza-se quem defende a verdadeira Justiça. Mas não parou por aí! Depois de decidir que todo o cidadão é obrigado a tomar vacina, queira ou não, acredite ou não nela, corra o risco por obrigação, se o houver, o PSTF, através do ministro Alexandre de Moraes, com suas decisões estranhas, algumas absurdamente inconstitucionais, como ser quem denunciou, quem investigou e quem julgou envolvidos no caso das Fake News, soltou mais uma pérola de arrepiar, essa semana. Moraes disse num vídeo (o link é https://www.youtube.com/watch?v=cagytJTZcUo&ab_channel=OsPingosnosIs), que “toda a tirania tem que ser combatida. Inclusive a tirania da maioria, que elege o Executivo e o Congresso Nacional”. Ou seja, como análogos a atos de tirania a eleição, absolutamente dentro de todos os preceitos legais, de qualquer membro do Executivo, como, em nível federal, do Presidente da República, que tenha sido legitimamente eleito pelo voto direto dos brasileiros ou por eleitos da Câmara Federal e Senado. No afã de atingir Jair Bolsonaro, seu adversário, porque derrotou nas urnas a sua turma, o ministro pensa, certamente, que é possível haver atos tirânicos de uma maioria, quando o eleito não reza pela cartilha que ele, Alexandre, o Grande, acha que deve rezar. No link acima postado, pode-se assistir também as ironias e as duras críticas dos jornalistas da Jovem Pan, principalmente de Augusto Nunes, uma das vozes mais respeitadas da mídia nacional, esculhambando com as declarações infelizes do ministro. Como aceitar uma declaração pública de um membro da mais alta corte do país, tão sem nexo como essa?

O PSTF está forçando a barra. Seus ministros, a grande maioria indicados por partidos de esquerda e que são militantes esquerdistas, nos seus atos e decisões, abusam do seu poder, provocando na Nação os mais preocupantes sentimentos de ojeriza. Vital para a democracia, o STF está partidarizado, envolvendo-se em todas as questões nacionais que não deveriam ser da sua alçada e defendendo o que a ideologia desse grupo de ministros professa. Já há, inclusive, vários pedidos, no Congresso, de cassação tanto de Mendes como de Alexandre de Moraes. Mas tem outros na lista. Eles estão esticando a corda, provocando o Brasil que não tem a mesma ideologia deles. Um dia, podem colher tempestades, pelos ventos que estão semeando! 

GOVERNADOR E PRIMEIRA DAMA TÊM ALTA DO HOSPITAL

A boa notícia da quarta-feira, foi a alta hospital do casal Rocha. Tanto o governador Marcos quanto a primeira dama Luana, deixaram o hospital Prontocordis, livres do coronavírus, ela atacada pela segunda vez. Foram alguns dias de internação na UTI, muito mais preventivamente do que por agressão mais preocupante da doença. Durante os poucos dias da internação, quando os médicos detectaram, nos exames, que Marcos Rocha tinha perdido 40 por cento das suas funções pulmonares e a primeira dama, 30 por cento, a decisão foi por uma internação preventiva. Luana, inclusive, comemorou seu aniversário, na segunda-feira, dia 21 internada, quando recebeu uma homenagem especial do marido, pelas redes sociais. O Governador reassume suas funções, mas com alguns cuidados, ao menos nas primeiras semanas, por conta das sequelas que a doença deixa no organismo. A mesma restrição será seguida pela primeira dama e secretária de Ação Social, que retomará suas atividades aos poucos. Os filhos do casal, também atingidos pela doença pela segunda vez, como a mãe, não têm tido sintomas agressivos.

CORONA: 1.721 MORTES EM RONDÔNIA. TREZE NUM SÓ DIA

Os números de afetados e mortos pelo coronavírus em Rondônia continuam crescendo e assustando. Já temos hospitais, tanto na Capital quanto no interior, com todos os seus leitos de UTIS lotados. Estamos caminhando para os 10.600 casos ativos. Na noite de domingo, segundo boletim da Sesau, transmitido em vídeo pelo próprio secretário Fernando Máximo, caminhávamos para 350 pessoas internadas.  Já na terça à noite, já batíamos nos 360. Os leitos estão escasseando. O Hospital de Base, por exemplo, está com toda a sua UTI lotada. No Cemetron a situação era melhor: a ocupação chegava a apenas 40 por cento. No hospital de Campanha do Estado, o antigo Regina Pacis, o total de leitos para tratamento intensivo era de 88 por cento. Os números da terça-feira já apontaram para novos 1.202 casos confirmados, em apenas 24 horas, com, infelizmente, mais 13 mortes, preocupando ainda mais as autoridades do Estado da área da saúde. Já foram registradas, desde maio, 1.721 óbitos, 907 deles em Porto Velho.  Fernando Máximo também afirmou, no mesmo vídeo, que o Estado está preparado para receber e abrigar as vacinas que virão do governo federal, em locais já escolhidos e já tem o plano para distribuí-las a todo o Estado. Agora, temos que aguardar o registro de qualquer vacina, na Anvisa e a autorização para que ela seja utilizada. Só nos resta esperar. E triplicar os cuidados.  

SÓ EM QUATRO CIDADES NÃO HOUVE ÓBITOS PELA COVID

Em 48 cidades rondonienses, famílias perderam seus entes queridos para a tenebrosa doença que, ao invés de arrefecer, continua cada vez mais perigosa e mortal. Apenas em quatro de nossas 52 comunidades não tiveram nenhum óbito, até o final da semana que terminou, por conta do coronavírus: Seringueiras, Rio Crespo, Cacaulândia e Ministro Andreazza. Até o Boletim 277, desta terça-feira, Porto Velho computava a triste marca de campeã em mortes, com mais de nove óbitos registrados, totalizando 907 até agora.  Ariquemes está em segundo lugar, com 122 óbitos e Ji-Paraná o terceiro, com 106. Das cidades que não tem grande população, Guajará Mirim foi a mais atingida, chegando perto dos 100 mortos. As pequenas cidades rondonienses, todas, foram afetadas pelo vírus, algumas mais, algumas menos. Não há uma só cidade do nosso Estado que não tenha pessoas contaminadas. O maior número, claro, é da Capital, com 42.130 casos confirmados. O menor é de Primavera de Rondônia, com apenas 22 registros da doença.

ALTA VELOCIDADE, CÃES, DESRESPEITO: O TRÂNSITO MATA

Não há como ignorar cinco vidas perdidas na BR 364 em dois acidentes, dois deles em Vilhena e outro próximo a Porto Velho, em menos de uma semana. Também há que se registrar o grande número de acidentes dentro da cidade, nas ruas da Capital. Os hospitais estão lotados com doentes com a Covid 19, mas o João Paulo II continua recebendo feridos, a maioria motociclistas. Alguns já são encaminhados com graves ferimentos e outros, nem chegam a serem atendidos, porque morrem no caminho, tal a violência das colisões que estão sendo registradas. Outro grande perigo que está ocorrendo cada vez mais, no trânsito maluco da Porto Velho sem controle nessa questão, é o exagerado número de cães soltos nas ruas, que estão causando um número muito grande de acidentes com motos.  O trânsito na BR 364 está assustador, principalmente pela alta velocidade de carros e caminhões. Uma colisão é totalmente mortal. Vale o mesmo para dentro da cidade, onde motoristas, motoqueiros e condutores de caminhões desrespeitam completamente a velocidade. É uma loucura geral, sem qualquer fiscalização eletrônica e parca presença da polícia de trânsito.

MULTIDÕES SE AMONTOAM NAS RUAS E NOS AEROPORTOS

Enquanto a segunda onda da pandemia continua crescendo, cenas dantescas, de absoluto desrespeito em relação aos cuidados que se deve ter com a perigosa doença, são vistas em praticamente todos os recantos do país. De grandes capitais como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte até as menos populosas, como Rio Branco e Porto Velho, apenas como exemplo, há um total desleixo de uma parte significativa da população (já não é uma minoria irresponsável!), se amontoam em festas, raves, shows, aeroportos, rodoviárias, praias, supermercados, shoppings. Na rua 25 de Março, em São Paulo, multidões se amontoam, com muita gente sem máscara e ignorando os mínimos cuidados para que o corona não se espalhe ainda mais. No aeroporto de Cumbica, as cenas de segunda e terça são de apavorar. O saguão parecia uma arquibancada superlotada de jogos de futebol, daqueles clássicos. O Brasil já registrou mais de 188 mil mortes, o equivalente a uma cidade média do interior do país. É como se 30 por cento da população da Capital rondoniense tivesse sucumbido. Nem assim, os cuidados são respeitados. Lamentável!

CADEIAS PARA MENORES AGORA SÃO MOTÉIS!

Mais uma decisão que facilita a vida de presos, só que agora de menores delinquentes, causa grande preocupação à grande maioria dos brasileiros que não querem esse tipo de imposição ideológica aplicada à nossa sociedade. Baseadas na mais pura crença defendida pela esquerda, onde bandido é vítima e vítima e polícia são criminalizadas, foram criadas leis que dão cada vez mais moleza a quem comete delitos e malfeitos, não importa a idade. O caso mais recente, é uma decisão do Conselho Nacional da Criança e do Adolescente, um tal de Conanda, que determinou que menores que estão detidos, tenham direito a transformar as cadeias em motéis, segundo interpretou a própria ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos. Pela decisão, “deverá ser garantido o direito à visita íntima para as adolescentes, independentemente de sua orientação sexual ou identidade e expressão de gênero”. A gente já conhece a linguagem, não é?

SEXO DE CRIANÇAS SOBRE A PROTEÇÃO DO ESTADO

Como a decisão não fala na idade dos menores que poderiam ser beneficiados, se falou que até crianças de 12 anos teriam autorização para visitas sexuais, o que nega o Conanda, esse órgão que é mais uma excrescência da legislação brasileira, que tem poderes de decidir que crianças possam ter relações sexuais sob a proteção do Estado. E é assim que eles vão agindo: impondo suas crenças sobre a sociedade, com leis que o relapso e incompetente Congresso Nacional vai aprovando, sem grandes estudos ou debates, até porque as grandes lideranças nacionais da política têm mais com o que se preocupar, como por exemplo, acertar o seu lado, enquanto estão no poder. E assim nosso país vai sendo levado pelo ralo, ignorando a vontade da grande maioria da população, que têm que viver sob o tacão dessas entidades dominadas por ideologias alienígenas e apoiadas por leis que eles mesmo criaram, contra tudo o que o Brasil quer e precisa. Vade retro!

PERGUNTINHA

Com mais de 1.200 casos de novos de contaminados pelo coronavírus em Rondônia, em apenas 24 horas, você acha que a crise é apenas passageira ou teme que ela piore mais ainda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *