CAPITAL TERÁ A NOVA EDIÇÃO DA EXPOPORTO, COM CAVALGADA DIA 27 E FEIRA NOS PRIMEIROS CINCO DIAS DE DEZEMBRO

MAIS DE 20 ANOS E TRÊS MESES DEPOIS, ENFIM O HEURO COMEÇA A SE TORNAR REALIDADE!
13 de novembro de 2021
TEM ÁREA DE CINCO HECTARES E TEM PRÉDIO PRONTO. CEASA DE PORTO VELHO PODE FUNCIONAR EM 60 DIAS
17 de novembro de 2021

“Temos é que estender um tapete vermelho para o agronegócio!”. A frase é do presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Alex Redano, sintetizando a importância do agronegócio para a economia de Rondônia. Ela poderia muito bem ser utilizada para anunciar outro momento importante do nosso principal setor produtivo, que terá mais uma edição da sua feira, em Porto Velho, retornando depois de dois anos. Entre 1 e 5 de dezembro, daqui a menos de duas semanas, o governo rondoniense, via Secretaria Sucel, promove mais uma edição da Expoporto, no Parque dos Tanques, que está sendo preparado para o grandioso evento. O secretário Jobson Bandeira comanda as comemorações, que começam no próximo dia 27 deste novembro, o último sábado do mês, com uma acontece na passarela do Espaço Alternativo às 15h30 e a saída das comitivas será às 17h, seguindo o percurso pela avenida Lauro Sodré até o Parque dos Tanques.  Em seguida, ocorrerá o Baile da Rainha da Expoporto, também no Parque grande cavalgada durante o dia. A concentração para a cavalgada dos Tanques. O concurso terá oito candidatas, inscritas através das redes sociais da Sejucel, que, na disputa, deverão demonstrar habilidades como toque do berrante, chicote e dança. A faixa à vencedora, será passada pela atual Rainha da Expoporto, Cíntia Martins Boza, vencedora do concurso em 2019.

A Expoporto terá a participação de empresas e de produtores rurais, que irão expor, embora o número seja menor do que na edição anterior, até pelo pouco tempo de preparação. Está havendo um chamamento público para quem quiser participar e ter seu estande na feira. Tanto a participação de empresas como vaquejadas, que acontecerão em três dias, não terão a grandeza da primeira edição, mas, mesmo assim, serão realizados, assim como apresentações de artistas locais. A programação está sendo ultimada e nos próximos dias será amplamente divulgada. Com a diminuição da pandemia, a Secujel decidiu realizar o evento, mesmo com o pouco tempo de organização e preparação, para que não se perca a oportunidade de valorizar cada vez mais nossas empresas, empreendedores e produtores rurais, além de mantermos vivas as tradições do meio do agronegócio rondoniense, que sintetiza o grande crescimento da economia rondoniense. O setor é responsável por quase 30 por cento do nosso PIB, com faturamento que superou os 46 bilhões de reais, no primeiro semestre deste ano.

MARIANA QUER HILDON AO GOVERNO E GRUPO DO PSD SONHA COM IEDA CHAVES COMO VICE DE MARCOS ROGÉRIO

As coisas começam a ficar mais claras, na política local. Uma delas: a deputada federal Mariana Carvalho, presidente regional do PSDB, está cada vez mais próxima do prefeito Hildon Chaves. Os dois trocam elogios públicos e em encontros partidários. Mariana, aliás, tem se esforçado para que Hildon aceite o desafio de disputar o Governo do Estado, no ano que vem. Mas não é só esta parceria que se consolida. Há outra, também muito importante. Ela reúne o senador Marcos Rogério, candidatíssimo ao Governo; o deputado federal Expedito Netto, presidente regional do PSD e seu pai, o ex-tucano Expedito Júnior, além do ex-presidente da Assembleia Legislativa e ainda tucano Laerte Gomes. Expedito Júnior será o nome do grupo ao Senado. Ele e Marcos Rogério estiveram juntos na eleição passada e repetirão a dobradinha neste ano. Expedito Netto e Laerte Gomes disputam a reeleição, o primeiro para a Câmara, o segundo para a Assembleia. Neste pacote todo, para se ampliar um pouco o que está acontecendo nos bastidores, o grupo de Marcos Rogério quer cooptar Hildon Chaves, convidando a primeira dama Ieda Chaves para ser a candidata a vice-governadora na chapa de Rogério. A disputa de 2022 esquenta cada vez mais.

GUSTAVO LIMA: UM SHOW PARA 20 MIL NO GRAMADO DO ESTÁDIO ALUÍZIO FERREIRA

Um grande show programado para Porto Velho, com o cantor sertanejo Gustavo Lima, no sábado, dia 3 de agosto, está dando o que falar. Programado para o estádio Aluízio Ferreira, o espetáculo com o artista, hoje a maior bilheteria do país, pode reunir até 20 mil pessoas. Mesmo que parte do estádio esteja em obras e que suas pequenas arquibancadas sejam inacessíveis ao público, no dia do show. Todo o público poderá ficar na área do gramado e outras próximas a ele, onde não há obras. A decisão sobre o total de público que será permitido, no espaço do Estádio disponível, será definido pelo Corpo de Bombeiros. O evento já é considerado um grande sucesso, já que são raros os ingressos ainda disponíveis. A verdade é que um evento deste tamanho, reunindo tanta gente, certamente preocupa as autoridades. O que se espera é que não haja invasão na área em obras e que toda a segurança possível seja garantida aos milhares de participantes.   

VAMOS VOAR DIRETO PARA O NORDESTE E TORCER PELO ALFANDEGAMENTO DO JORGE TEIXEIRA

Norte e Nordeste estarão separados por pouco mais de quatro horas, a partir de 22 de dezembro. Do arremedo de aeroporto internacional que temos em Porto Velho, sairá um voo da empresa Azul, direto para Recife. O voo deverá continuar durante toda a alta temporada de férias e, pela primeira vez, estaremos ligados com uma importante cidade turística do Nordeste por um voo sem escalas.  A Azul poderá transportar até 157 passageiros por aeronave, e, dependendo dos resultados que obtiver, vai criar também um voo direto para Salvador, provavelmente ainda este ano. A partir de agora, com a venda do aeroporto da Capital rondoniense para o grupo francês Vince Airports, pode ser que o amadorismo estatal que o comanda seja substituído por profissionais experientes, que darão ao local uma cara verdadeira de aeroporto internacional. Para o ano que vem, também está prevista o alfandegamento do Jorge Teixeira, que poderá receber voos internacionais, de cargas e passageiros.

OAB DECIDE SEUS PRÓXIMOS TRÊS ANOS EM ELEIÇÃO NA TERÇA-FEIRA QUE VEM

No próximo dia 23, terça-feira da semana que vem, será decidido o futuro de uma das mais importantes entidades do Estado, para os próximos três anos. A presidência da OAB estará em disputa. De um lado, a candidata de oposição, Zênia Cernov, apoiada por vários advogados, que querem uma mudança nos rumos da entidade, comandada pelo mesmo grupo há anos, embora na maioria dos casos com administrações bem sucedidas, como as do ex-presidente Andrey Cavalcante e do atual, Elton Assis. Já o candidato Márcio Guedes representa o grupo atual. Ambos prometem ampliar as subseções da entidade no Estado e valorizar cada vez mais a participação feminina. Os dois participaram, no último sábado, de entrevista no programa Papo de Redação, dos Dinossauros da TV, na SICTV/Rondônia. Entrevistados por Everton Leoni, Beni Andrade, Jorge Peixoto, Hiran Gallo e Sérgio Pires, meia hora cada um, os candidatos tiveram um espaço de grande importância, pela enorme audiência do programa, para responderem a questões levantadas e, ao mesmo tempo, apresentar suas propostas para a advocacia rondoniense. Em uma semana, saberemos quem terá a preferência da importante categoria.

ESTAVA TUDO ACERTADO, MAS AS NUVENS DA POLÍTICA SE MEXERAM, NA ÚLTIMA HORA

Bolsonaro ou João Dória? Com quem o PL de Valdemar da Costa Neto vai ficar? Obviamente que será impossível ficar com os dois, porque ambos disputarão a Presidência e se odeiam. Foi principalmente pelos acenos do PL a Dória, ocorridos bem antes das negociações com Bolsonaro, que o Presidente decidiu transferir seu ingresso no partido que Costa Neto mantém como seu há anos. Não foi só isso, claro. Há outras questões regionais, podendo se incluir o caso de Rondônia, em que o partido, em nível de Estado, não estaria disposto a seguir as decisões bolsonaristas. A assinatura da ficha no PL, marcada para o dia 22, já foi transferida. A questão continua em aberto, deixando ainda, muitas dúvidas. Afinal, Bolsonaro entra no PL? Se não entrar, vai para onde? Se for para o PL, aceitará os acordos já feitos por Valdemar da Costa Neto? As nuvens da política se mexeram novamente, deixando no ar muitas perguntas sem respostas.

A BRUTALIDADE NOS RONDA. FORAM MAIS CINCO ASSASSINATOS EM APENAS QUATRO DIAS

Todos os dias, a violência que nos assola ataca de novo. Só em Porto Velho, entre a noite da quinta-feira e a do domingo, nada menos do que cinco assassinatos foram registrados. Entre as vítimas, três mulheres. No caso dos crimes contra elas, uma foi assassinada pelo ex-companheiro, o que ocorre na grande maioria dos casos de feminicídios;  o outro por pistoleiros, que mataram covardemente a dona de um bar, no centro da cidade e um terceiro, cometido por estrangulamento. As demais vítimas foram um jovem de apenas 18 anos (nossa juventude está sendo dizimada pelos confrontos, principalmente bairros mais pobres, tanto por aqui como em todo o Brasil!) e, ainda em Porto Velho, um ex-detento. Aliás, é rara a semana em que alguém que cumpriu pena não seja assassinado por aqui. Ordens enviadas de dentro dos presídios e não cumpridas ou dívidas com ex-companheiros de cadeia, certamente são aspectos que devem ser investigados. O crime continua nos rondando. Enquanto isso, nossas autoridades lavam as mãos, mantendo as leis que incentivam o crime e a bandidagem.   

PANDEMIA AINDA EM QUEDA NO ESTADO, MAS CRESCE NÚMERO DE INTERNADOS NAS ÚLTIMAS SEMANAS

O número de casos de infectados pelo Coronavírus e de mortos pela doença, continua diminuindo significativamente, na mesma proporção em que aumenta o de vacinados. O único dado negativo, neste início de semana, foi o aumento do número de casos em Ariquemes, o que acabou aumentando também o total de hospitalizados. Hás duas semanas, chegamos a ter apenas 45 internados. Já nesta segunda-feira, este total saltou para 87. Em relação às vacinas, estamos entre os Estados que mais imunizaram, proporcionalmente à sua população, embora perto de 280 mil rondonienses, que já deveriam ter feito a primeira ou a segunda doses, ainda não o fizeram. Do total de mais de 2 milhões e 850 mil doses recebidas, 2 milhões e 120 mil já haviam sido aplicadas, com praticamente 900 mil pessoas tendo recebido as duas primeiras doses. Não há informações, nos boletins oficiais, sobre quantos receberam a terceira dose de reforço. Infelizmente, desde março de 2020, já perdemos 6.587 vidas, das quais 2.522 apenas em Porto Velho.

PERGUNTINHA

Você acredita que a união do PT com o PSDB, com Lula na cabeça de chapa e Geraldo Alkmin como vice, poderia ter força suficiente para derrotar Bolsonaro em 2022?

Os comentários estão encerrados.