COMEÇOU O ANO: MÃOS À OBRA E QUE SEJAMOS ATENDIDOS NAS PRIORIDADES EM TODOS OS NÍVEIS DE GOVERNO

POR ENQUANTO, SÓ ELUCUBRAÇÕES: PARTIDOS FORMAM ALIANÇAS E COMEÇAM A PREPARAR A DISPUTA PELA CAPITAL
26 de fevereiro de 2020
SALÁRIOS IRRISÓRIOS: HÁ PMS QUE NÃO CONSEGUEM ALIMENTAR NEM SUAS FAMÍLIAS, MESMO ARRISCANDO A VIDA TODOS OS DIAS
29 de fevereiro de 2020

Diz-se, há décadas, que o Brasil só começa a funcionar depois do carnaval. Claro que é um exagero, mas não se pode ignorar que os dois primeiros meses do ano são menos intensos do que os demais. Março, portanto, seria uma espécie de recomeço real na vida do país. E dos Estados. E das cidades. Em Porto Velho, por exemplo, há sim coisas importantes que precisam começar ou serem aceleradas. Como por exemplo, a questão do transporte coletivo. Teremos, enfim, uma empresa que vai atender a população como ela merece? Ou tudo vai ficar como ficaram em outros carnavais? E os novos ônibus do transporte escolar, chegarão a tempo? E vão  começar, enfim, obras estruturais contra as infindáveis alagações em Porto Velho? Na madrugada desta quinta, novo temporal deixou milhares de porto velhenses desesperados. E ilhados. Até quando? Em nível estadual, há sérios desafios também. Em todos os setores. Mas prioridades como a salvação da Estrada do Belmont; a solução para o Iperon, que está prestes a quebrar e a recuperação das estradas estaduais (todas) têm que estar na agenda. Depende também do Estado, da Prefeitura e da bancada federal, uma união de esforços para exigir do governo federal o asfaltamento urgente do Anel Viário, das Irmãs Marcelinas ao porto principal de Porto Velho. Da bancada e do governo, depende também, solução para a questão da transposição dos servidores do ex Território, que  tem que sair da conversa mole imposta pela União e ser transformada em realidade.    

Há inúmeras outras questões a serem colocadas em listas prioritárias. A não implantação do estacionamento pago (Zona Azul), é um atraso inacreditável, que nos coloca como a única Capital do país que continua sem qualquer controle do trânsito em sua área central. Em nivel estadual, uma análise mais profunda e uma revisão nas questões de taxas, emolumentos e impostos do Detran, que dependem do Governo rondoniense, precisa ser  feita. E, é claro, na área da saúde, a urgente construção do Hospital de Pronto Socorro de Porto Velho, tem que ser  a grande meta. Já nas questão federais, é óbvio que solução definitiva para  a BR 364 tem que ser a prioridade das prioridades. Esburacada, sem segurança, sem sinalização correta na maioria dos seus trechos e com pista única, a 364 é uma máquina de moer motoristas e todos os que a utuilizam. Enfim, já que o ano está começando, há necessidade de se começar a resolver problemas. Fim de carnaval e recomeço real de 2020. Tanto em nível federal quanto estadual e municipal, que se decida: mãos à obra… 

CONFÚCIO SONHA SOBRE O PAÍS IDEAL

O senador rondoniense Confúcio Moura é um sujeito corajoso. Teve a  audácia de pedir, em pronunciamento, uma “enxugada geral” de gastos com as folhas de pagamentos dos Três Poderes. Não quis aprofundar o assunto, até porque não quer se tornar alvo do ódio generalizado de gente que ganha fortunas e que não quer abrir mão de nada, em todos os Poderes, mas pediu que, ao menos, “se evite pagamentos desnecessários e ilegais”. Para ele, o Brasil não precisa de um Presidente, mas de um gestor de Recursos Humanos. Criticou, ainda, o aumento aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais para diversas categorias, incluindo o pessoal da segurança pública. Confúcio sabe que está chovendo no molhado, mas, mesmo assim, pediu prioridade aos interesses maiores do País que, claro, ninguém vai topar. É que aqui, sabemos, todos querem mudanças, desde que não toquem em seus bolsos. O senador sabe que nenhum membro dos três poderes, aceitará perder um só centavo, mesmo que ganhe salários enormes e irreais. Sabe que o tal do “direito adquirido” pode acabar com o Brasil. E sabe também que seus companheiros de Congresso nunca vão aceitar perder mordomias como auxílio paletó e outras “cositas” mais. Obviamente, não será ouvido, mas, ao menos tentou…

JESUS NO SAMBA, ATACADO PELA POLÍCIA

Nem uma palavra da Igreja Católica sobre as cenas de escola de samba do Rio de Janeiro que mostrou um Jesus crucificado e cheio de furos de bala, como se fosse um morador da favela, injustiçado. Nem contra a apologia ao crime, ao sexo, a homenagens a traficantes e a outras questões religiosas, que mereceram duros protestos dos evangélicos. No desfile, a Mangueira contou a história universal por outros olhares e mostrou faces diferentes da história de Jesus. Como jovem negro, ele apareceu crucificado com balas alojadas no corpo e, na cruz, no lugar de “INRI”, estava escrito “Negro”. Em uma crítica à violência policial, a comissão de frente fez uma performance impactante. Jesus, vestido de branco, estava entre amigos que representavam minorias. Todos dançavam, até que a polícia apareceu e enquadrou o grupo, menos o protagonista, que denunciou o racismo das autoridades. Deputados evangéliicos exageraram nas críticas. Um deles chamou responsáveis pelo  desfile da Mangueira como “criminosos e bandidos”  A campeã do carnaval do Rio foi a Viradouro, com tema em homenagem às lavadeiras de Salvador. A Mangueira, com o tema complexo, ficou na sexta posição.

O AVANÇO DA NOSSA ECONOMIA NO DIRETO AO PONTO

Os empresários estão otimistas com relação a 2020. A economia do país está melhorando e os índices de Rondônia são muito acima da média nacional, já que crescemos quase 5 por cento, no Estado, no ano passado e vamos superar esse alto índice neste ano. Expandimos o agronegócio e a construção civil começa a mostrar seus primeiros resultados positivos. Há um clima positivo para que Rondônia aumente ainda mais seus avanços em todos os setores. Essas e muitas outras informações importantes estão na entrevista exclusiva que o empresário Francisco Holanda, presidente do Instituto de Ação Empresarial rondoniense concedeu ao programa Direto ao Ponto, deste final de semana. A conversa com Sérgio Pires vai ao ar na Record News no sábado ao meio dia e no domingo, tem reapresentação às 7h30 da manhã. A partir de sábado à noite, estará, na íntegra, no site Gente de Opinião. A economia, setor que impulsiona nosso crescimento, é o tema central da atração da Record News deste final de semana.

NOVO LÍDER BRASILEIRO NAS REDES SOCIAIS

Até o final de 2018, o brasileiro com mais curtidas em suas páginas e publicações no Facebook era o escritor Paulo Coelho. Luciano Hulk, o apresentador de TV que sonha em ser Presidente era o segundo, com mais de 7 milhões e 100 mil seguidores. A Guaraná Antarctica, desde 2012 é a seguinte, com mais de 6 milhões e 800 mil. Neymar está nessa lista, com pouco menos de 6 milhões de seguidores. O jogador Kaká, que há pouco mais de oito anos era o líder entre todos os brasileiros, com mais de 17 milhões de seguidores, sumiu da relação mais atualizada. Agora, há um novo líder. No último domingo à noite, o presidente Jair Bolsonaro passou a ter 10 milhões de curtidas entre seus 35 milhões de seguidores de suas páginas nas redes sociais. O campeão mundial nesse quesito, há quase uma década, é o craque português Cristiano Ronaldo, que tem nada menos do que 122 milhões de seguidores. A lista muda rapidamente, mas, pelas últimas informações, são esses os destaques em termos de seguidores e curtidas, no Brasil.

MARATONA ELEITORAL DE DOIS DIAS

Com a proibição das coligações de chapas proporcionais, a previsão em 2020 é de que haverá um número muito maior de candidaturas a Vereador. A partir desta leitura é correto imaginar que a próxima eleição para as Câmaras Municipais em todas as cidades, terá um número bem expressivo de pessoas que tentarão reeleição ou colocarão seus nomes pela primeira vez, tornando a disputa muito mais acirrada. Com intuito de aproximar ainda mais a advocacia e os pré-candidatos e futuros candidatos, serão apresentados os temas mais recorridos em tempos de campanha eleitoral, a Veríssimo Advogados Associados está ofertando uma maratona intensiva de Direito Eleitoral com temas como Aprenda na prática c​om os maiores especialistas do Norte do Brasil #eleicoes2020 e  Capacitação dos atores das eleições 2020 para a disputa eleitoral. A  “Maratona Eleitoral”, será realizada nos dias 6 e 7 deste março que está chegando (sexta e sábado da semana que vem) no espaço CAARO, na Calama, 871 – Bairro Olaria, na Capital.  Entre os palestrantes estarão advogados eleitoralistas, servidores da Justiça Eleitoral, do Tribunal de Contas, Promotor de Justiça e o desembargador Gilberto Barbosa. Serão apenas 35 vagas e as inscrições podem ser feitas no endereço: www.verissimo.adv.br.

O MOTIM E A VOLTA DAS NEGOCIAÇÕES

O que vai acontecer no Ceará, poderá servir de modelo para todo o país, inclusive para Rondônia. Esta sexta-feira marca o décimo primeiro dia do motim de parte de membros da Polícia Militar daquele Estado, que fez uma paralisação violenta, incluindo inutilização de viaturas e ameaças a quem não concorda com a greve. Depois de 195 assassinatos em dez dias (a média normal já seria absurda, mas de três vezes menos), a insegurança domina o Estado, que ficaria muito pior caso não houvesse a presença de forças federais, tentando ao menos amenizar a crise. Nesta quinta, autoridades de todos os poderes começaram a intermediação de um acordo com os amotinados, mesmo que eles tinham ignorado a lei que deveriam proteger e, muito mais, a Constituição do seu país. É claro que os militares ganham salários ridículos em algumas regiões do país e merecem muito mais valorização. Os do Ceará, então, têm salários ridículos. Mas, defensores da lei, não podem atentar contra ela. Não há argumento contra isso.

VEM AÍ A ANISTIA PARA TODOS

Os intermediários vão ouvir as reivindicações dos que fazem parte do motim. Certamente os PMs vão receber ao menos parte do que queriam, em termos de salários, mas, em primeiríssimo lugar, vão exigir anistia para todos, não importa o que tenham feito durante a longa paralisação. Caso o governo do Estado ou o Congresso permitam essa absurda excrescência, a Lei e a Ordem ficarão, novamente, desmoralizadas. E toda a PM brasileira, a partir desse exemplo danoso – caso ele realmente ocorra, o que, infelizmente, é muito provável –  aos interesses da Nação, continuará tendo autorização para ações como essas. Aliás, foram as anistias em movimentos anteriores, alguns também violentos e desrespeitosos, que acabaram incentivando e engrossando greves e motins, como a que ocorre agora no Ceará. O Brasil assiste, apavorado, no que pode vir pela frente…

PERGUNTINHA

Se você foi um dos sortudos que ganhou os 200 milhões sorteados pela Mega Sena, na noite dessa quinta, já escolheu em que paraíso deste mundo vai viver, a partir de agora? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *